Minhas previsões pro Oscar 2020

ATENÇÃO! Originalmente escrevi tudo isso como uma série de tweets numa thread enorme. É uma série de opiniões sobre as categorias e os filmes, escritos de forma rápida e sem muito compromisso. A ideia foi só transferir a thread pra cá pra facilitar o armazenamento e o compartilhamento ao invés de fazer um texto propriamente dito (na realidade daria pra fazer um texto pra cada um dos filmes que recebeu indicações). Também vale dizer que eu não sou um crítico de cinema, produtor e nunca fiz nada de cinema, sou só um cara que assiste filmes e tem uma opinião sobre eles. Eu não acho que estou certo sobre nada, são só minhas opiniões e você tem todo o direito de discordar delas.

Imagem bonita pra começar o texto feio que eu peguei daqui.

Esse é o 4º ano que assisto os filmes do Oscar. No primeiro, assisti só os indicados a melhor filme, mas depois fui expandindo pra outras indicações. Esse ano assisti indicados aos prêmios de melhor filme, atuações, direção, roteiro, cinematografia, animação, documentário, curta, curta animado e filme estrangeiro. Não vejo muito sentido em assistir um filme que tenha sido indicado só a melhor edição, por exemplo, porque não entendo nada do assunto pra conseguir avaliar e não vejo porque assistir um filme que teoricamente não teria os outros quesitos tão bem realizados.

Vou falar sobre cada uma das categorias que eu assisti, o que eu acho dos filmes e de quem vai ganhar. Junto com a categoria tem um print da minha tabela, onde eu atribuía uma nota pra cada filme dentro da categoria.

MELHOR FILME

Categoria bastante difícil de prever, porque tem muitos filmes bons com estilos bem diferentes. Eu não curti tanto Irishman, mas é um filme que tem chance de ganhar. Joker não merece estar na categoria, apesar de ser um filme bom, visto que tem muito filme melhor que ficou de fora (The Farewell, Lighthouse, Judy…). Jojo Rabbit, Little Women e Ford v Ferrari com certeza não ganham. Mas dentre os demais, qualquer um pode ganhar.

Meu palpite fica com 1917, com Irishman como 2ª opção. Mas minha preferência fica com Marriage Story.

Dessa categoria recomendo 1917, Marriage Story, Jojo Rabbit e Parasite.

(a partir daqui as notas no print são pro critério da categoria, não pro filme como um todo)

MELHOR ATRIZ

Aqui eu não só acho como espero que a Zellweger ganhe. O filme é 100% carregado pela atuação dela e se torna um filme bastante impactante. ScarJo arrasa em Marriage Story, com uma cena que é quase um monólogo dela e é muito muito boa. Saoirse Ronan tbm mandou muito bem em Little Women e até poderia ganhar Oscar em algum outro ano, mas nesse a competição foi mais forte. Palpite em Zellweger com 2ª opção na Saoirse, torcendo pela Zellweger.

Recomendo Judy e Marriage Story pelas atuações, dizendo que me surpreendi demais com Judy. Achei que ia ser um filme muito chato, mas foi bem comovente.

MELHOR ATOR

Jonathan Pryce indicado com Pattinson e Sandler de fora é uma piada gigante. Acho que foi uma das melhores atuações da carreira do DiCaprio. Banderas foi bem comovente em Pain and Glory (e acho que a atuação dele é a melhor coisa do filme). Já Adam Driver e J. Phoenix tiveram ambos atuações brilhantes. Espero que o Driver ganhe, mas acho que o Joaquin Phoenix leva. Como 2ª opção fico com Adam Driver mesmo.

Recomendações aqui ficam em Joker e Marriage Story (de novo sendo recomendado)

ATRIZ COADJUVANTE

Categoria mais meia boca desse ano, não acho que nenhuma das atuaçõe se destacou nem comoveu muito. Espero que a ScarJo ganhe (Jojo Rabbit foi um dos poucos filmes que me fez chorar), mas acho que quem leva é a Pugh, com 2ª opção na Laura Dern. Sem recomendações aqui.

ATOR COADJUVANTE

Mais uma vez não sei porque Two Popes tá entre os indicados. Willem DaFoe merecia não só indicação como a vitória, mas a vida não é justa (e o Oscar muito menos). Tom Hanks é a única coisa decente do filme dele, com todo o resto do filme sendo MUITO meia boca. Brad Pitt parece que tá em casa no filme do Tarantino e faz um papel sensacional. Al Pacino em Irishman mandou bem, mas fica abaixo desses outros dois. Já o Joe Pesci, mandou bem mas não se destacou.

Palpite é no Al Pacino com 2ª opção no Brad Pitt. Mas torço é pra que o Brad Pitt ganhe. Recomendo Once Upon a Time pela atuação do Pitt, mas não recomendo o filme do Tom Hanks, porque por melhor que tenha sido a atuação dele, não salva o resto do filme.

MELHOR DIREÇÃO

O motivo de eu não ter gostado de Irishman foi a direção. Acho que o Scorsese deve ter ficado livre demais pra fazer o filme e faltou gente dizendo “não” pra ele. Tem muita cena no filme que é muito desnecessária, muita coisa que aparece no filme que não vira em nada. Tem personagem que é introduzido como se fosse ser muito importante e depois nem aparece. Tem cena que dura varios e varios minutos e não contribui em NADA pra construir nenhum dos personagens, muito menos com a trama em geral. Irishman poderia tranquilamente ter 1 hora a menos e a culpa é toda do diretor. No extremo oposto tá 1917, que é uma obra-prima de direção. O filme é inteiro em plano sequência, com um único corte (visível) no filme todo. Tudo que acontece numa cena colabora pra aumentar a imersão do filme. O movimento dos atores, dos figurantes, a câmera, o som, a música. O filme inteiro é arquitetado pra te fazer entrar de cabeça nele e sentir tudo que ele quer que você sinta. Sam Mendes merece DEMAIS esse prêmio. Tarantino e Joon Ho tb mandaram bem, mas não se comparam com a direção coesa de 1917.

Acho e espero que o Sam Mendes ganhe essa categoria, ficando o Scorsese como 2ª opção (porque eu acho que a academia vai curtir). Recomendo MUITO 1917 só pela grandiosidade de direção que ele tem.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

É difícil separa roteiro de direção quando você só assite um filme porque tem muita coisa que o diretor tira do roteiro ou faz de uma forma um pouco diferente dele. Pra categorias de roteiro, o certo é ler o roteiro em si. Como não fiz (e não pretendo fazer nunca) eu avalio roteiro tão somente pela história. Nesse quesito, Jojo Rabbit sai na frente por ter me feito chorar, mas nada de muito sensacional nos demais.

Meu palpite fica com Two Popes (acho que faz o estilo da academia) e em 2º lugar Little Women (que a adaptação fez se tornar um ótimo filme sobre feminismo). Mas a vontade de que ganhe é com Jojo Rabbit.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Aqui o negócio já ficou bem mais fortte. Marriage Story tem uma história sensacional que é muito honesto em vários pontos. Knives Out consegue ser ao msm tempo uma homenagem como uma paródia de histórias de mistério, com vários clichês sendo usados e retorcidos pra deixar as coisas engraçadas e interessantes. Já Parasite, 1917 e Once Upon a Time têm na história boa parte da qualidade do filme, os quais não ficaram só na boa forma, mas têm um conteúdo bem bom tbm.

Acho que Parasite ganha, com 2ª opção e a minha torcida em Marriage Story. Aqui recomendo Knives Out porque é muito engraçado e bem divertido.

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

Junto com Melhor Animação, acho que é a categoria que tem os melhores filmes que eu vejo nos Oscars em todos os anos. Até hoje lembro com carinho de Shoplifters, um dos melhores filmes que já vi que não ganhou de Roma (que é forma sem conteúdo). Les Miserables é fraco, com uma mensagem interessante e direção boa, mas com personagens MUITO rasos e unidimensionais. Parasite é um ótimo filme, sim, mas fica abaixo dos outros filmes dessa categoria que brilha muito mais. Pain and Glory gira em torno do personagem do Banderas e ganha muito com a ótima atuação dele. Mas o restante do filme se encaixa muito bem e faz o todo ser bem coeso e comovente. Corpus Christi é um ótimo filme que me despertou o interesse por filmes poloneses. Merecia indicação de Cinematografia, mas é difícil filme estrangeiro ser indicado. Já Honeyland é outra obra de arte. É um documentário que consegue ser bem imparcial e extrair enorme beleza de situações cotidianas. Honeyland consegue comover, fazer pensar e deslumbrar, tudo ao mesmo tempo. É um dos melhores docs que já vi, mas confesso que não vi muitos até hoje.

Acho que Parasite tem vitória quase certa, mas minha 2ª opção fica com Honeyland, o qual eu torço muito pra que ganhe. Aqui eu recomendo Corpus Christi pra quem quer ver filmes diferentes (é polonês, então tem um estilão bem dele) e Honeyland.

MELHOR ANIMAÇÃO

Categoria que eu mais gosto de ver no Oscar em todos os anos. Sempre tem alguma pérola que eu jamais teria visto de outra forma (tô pensando em Menino e o Mundo e Breadwinner, ambos entre as melhores animações que eu já vi, que não teria visto se não fosse o Oscar). Klaus é fantástico, tanto artisticamente quanto na história. Muito lindo, um ótimo filme pra ver com a família. I Lost My Body também é excelente. Esse é um bom filme pra ver sozinho e pensar bastante durante/depois. Ele tem várias cenas bem introspectivas e vai fundo no personagem principal. Pra How to Train Your Dragon eu maratonei a trilogia toda, então vi esse filme no contexto da trilogia, e dá pra dizer que ele encerra a trilogia muito bem. Possivelmente, o melhor da trilogia. Já Toy Story 4 também é muito bom, mas deixa a desejar quando comparado com outros filmes da série (especialmente o 3, que me fez chorar pra cacete). Já Missing Link é beeeeeeeeem meia boca. É um filme legal, mas não chega perto dos outros.

Aqui acho que Toy Story 4 leva, com 2ª opção em Klaus. Infelizmente é uma categoria que sofre demais com o sistema de votação do Oscar. Minha torcida, porém, fica com I Lost My Body, mas tenho certeza que não leva. (tbm tenho certeza que a maioria dos que votaram não assistiu ele)

Recomendo MUITO Klaus e I Lost My Body, e How to Train your Dragon só se você viu os outros filmes da trilogia, sozinho ele não faz muito sentido. Toy Story 4 recomendo pra quem gosta da série, mas pra quem não é muito fã, ele é o mais fraco da série.

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Primeiro ano que vejo os filmes da categoria. Não costumo ver docs, mas vi que preciso mudar isso logo, porque vi filmes muito bons aqui. Sobre Honeyland eu já falei na categoria de melhor filme estrangeiro, mas acrescento que ele consegue transcender o gênero doc com sua direção e cinematografia impecáveis. Vale dizer que assim que acabou o filme eu fiquei 1 hora no google lendo sobre o que aconteceu com a “protagonista” do filme, o que mostra o quanto o filme consegue te conectar com ela em tão pouco tempo. For Sama tbm é fantástico, contando uma história bastante grandiosa (um hospital na guerra da Síria) de modo extremamente pessoal. O doc todo é gravado pela camera da Waad Al-Kateab e ela narra o filme todo como se ele fosse um diálogo com a filha dela, Sama. O doc em si, é uma grande carta que ela faz pra filha (que no doc é um bebê) contando sobre tudo que tava rolando na época e porque ela e o marido tomaram todas as decisões que tomaram na época. American Factory é BEM interessante e faz pensar em vários questões de choque cultural e políticas internacionais. Já Edge of Democracy não consegue fugir de ser propaganda política. Tem muitas situações que são apresentadas pela ótica da diretora como se a opinião dela fosse um fato. Vi gringos que ficaram bem confusos com a narrativa do filme, que falaram ser conturbada e pouco explicativa pra quem não sabe nada da história. Aí vem The Cave, que infelizmente se encaixa no mesmo contexto grandioso de For Sama (hospital na Síria durante a guerra), mas que consegue ser TOTALMENTE impessoal e não transparece nada de emoção frente a eventos que abalam a qualquer um. Fica chato e entendiante bem rápido.

Acho que Honeyland ganha e torço pra que leve a vitória, e o 2º palpite fica com For Sama. Recomendo muito For Sama e Honeyland, mas For Sama requer um pouquinho de estômago pra ver, porque tem cenas bem explícitas de pessoas feridas por bombardeio.

MELHOR CINEMATOGRAFIA

Aqui eu tinha certeza que Lighthouse era o merecedor incontestável, até ver 1917 no cinema. Como disse antes, o filme é em plano sequência e toda a movimentação de câmera colabora demais pra te deixar imerso pra cacete no filme. Já Lighthouse é uma obra de arte em todos os sentidos. Filme mais esnobado do Oscar e que mais merecia prêmios, mas que infelizmente só recebeu essa indicação. Os demais filmes da categoria fazem um bom trabalho na cinematografia, mas nada que se destaque muito.

Acho que 1917 leva, com 2ª opção e a torcida em Lighthouse. Se Irishman ganhar, eu vou ficar muito de cara, porque 1917 e Lighthouse merecem MUITO mais.

Aqui fica uma RECOMENDAÇÃO em letras garrafais pra Lighthouse. É muito muito foda esse filme.

MELHOR CURTA METRAGEM LIVE-ACTION

Categoria que valeu muito a pena assistir pela variedade de nacionalidades dos indicados. Brotherhood e Nefta são da Tunisia, A Sister é Belga, Saria é americano mas conta uma história do Mexico e Neighbor’s Window é americano. Brotherhood tem uma cinematografia e uma construção como um todo incríveis, mas a história não é lá aquelas coisas. Nefta é MUITO engraçado e parece que você tá assistindo uma piada. O final acabou comigo (de rir). Já A Sister é muito intenso. Ele é bem curtino, mas tem atuações e direção muito bons e te deixa tenso bem rápido. Saria é baseado numa história real e tinha tudo pra ser o melhor da categoria, mas tem atuações MUITO ruins e uma construção que não faz jus ao impacto emocional da história real. Já Neigbhor’s Window é bem meia boca.

Acho que Brotherhood leva, com 2ª opção do palpite em Neighbor’s Window (a academia é estranha). Mas a torcida tá com A Sister. Aqui fica mais legal recomendar porque dá pra colocar os links. Recomendo Nefta por ser muito engraçado.

Nefta Football Club

e A Sister pela tensão do filme. (Nefta só tem legenda em ingles, mas A Sister tem legenda em pt tb)

A Sister

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

Categoria que é muito legal de ver pelo experimentalismo. Fazer filmes de animação longa metragem com técnicas não convencionais é difícil, mas pra fazer um curta já fica bem mais fácil. Então tem sempre coisas bem inovadoras aqui. Mas infelizmente não basta uma boa técnica pra fazer um bom curta metragem, e é aí que Dcera falha. Tecnicamente muito bom, mas a história é bem nada a ver. Memorable é bem impactante pelo modo como ele mostra o Alzheimer, fazendo um uso fantástico da técnica de animação escolhida. É uma história que jamais poderia ser contada dessa forma através de outras mídias. Sister não fede nem cheira. Mas Kitbull e Hair Love são fantásticos. Os dois têm potencial de fazer chorar, são lindos tanto tecnicamente quanto na história, que é só amor.

Torço pra Hair Love levar, sendo meu palpite pra Hair Love com 2ª opção em Kitbull. Recomendo Memorable (legendas só em ingles)

Kitbull também recomendadíssimo (não tem falas, então não precisa legenda)

Kitbull

Hair Love é must watch. Se você não viu ainda, para o que tá fazendo e assiste, que vale a pena.

Hair Love

E é isso. Pra quem chegou até aqui, fica a dancinha de Lighthouse como prêmio de agradecimento (a cena não vai fazer o menor sentido sem contexto, mas tá aí).

Dancinha de Lighthouse

Game reviews and random texts. Às vezes textos em Português.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store